Para o Sucesso da Colheita de dados do INSIDA 2020, INS Capacita Mobilizadores Provenientes de todo o País

foto-familia-insida

Maputo acolhe desde hoje (10/03), a formação dos Coordenadores de Mobilização Comunitária (CMC), actores indispensáveis para a implementação e sucesso do Inquérito Nacional sobre o Impacto do HIV e SIDA (INSIDA 2020), a ser realizado em Abril próximo.

A formação conta com 40 participantes, entre eles, Coordenadores de Mobilização Comunitária, Pontos Focais e Técnicos de Envolvimento Comunitário das Direcções Provinciais de Saúde, que durante o treino serão dotados de estratégias de mobilização comunitária no contexto do inquérito ora referido.

A abertura da formação foi dirigida pelo Director Nacional de Formação e Comunicação em Saúde do INS, Rufino Gujamo, que na ocasião atribuiu responsabilidade aos CMC (ainda em formação), no sentido de assegurar a transmissão de informação correcta e precisa sobre o INSIDA para as comunidades, evitando desta forma possíveis situações de desinformação. Para Gujamo, “a formação em curso joga um papel bastante fundamental para o desempenho do trabalho de mobilização comunitária nas comunidades”, por isso, apelou o envolvimento de todos durante os dias da formação assim como ao longo do trabalho de campo.

A agenda da formação compreende temas como: Visão geral do INSIDA; Conhecimentos de Mobilização Social; Falar do INSIDA; Discussão da Colheita de Sangue; Lidando com Situações difíceis; Cartografia; entre outros.

A formação que é facilitada por quadros do INS e ICAP, é feita em duas partes fundamentais, a saber: a teórica e a prática de campo. A componente teórica irá se estender até a próxima sexta-feira (13/03), enquanto que a prática de campo será realizada no distrito da Moamba entre os dias 16 e 20/03.