Directora da Organização Mundial da Saúde para África visita as instalações centrais do INS

Trata-se da primeira vez (20.11.18) que Matshidiso Moeti, directora da Organização Mundial da Saúde para África (OMS), visita o Instituto Nacional de Saúde (INS) nas suas novas instalações no distrito de Marracuene, província de Maputo.
Acompanhada por representantes da OMS- Moçambique, a directora acompanhou o trabalho dos técnicos ao nível dos laboratórios da instituição e testemunhou as actividades de vigilância à resistência do mosquito causador da malária.
Segundo Ilesh Jani, director do INS, os resultados da vigilância demonstram que os insecticidas e as redes mosquiteiras distribuídas pelo Ministério da Saúde, continuam eficazes para combater o mosquito causador da malária.
Na ocasião, Moeti declarou que com as actividades desenvolvidas pelo INS, Moçambique pode definir acções concretas dirigidas às áreas mais necessitadas em termos de saúde e obter resultados positivos. A directora acrescentou que existem capacidades ao nível do INS para atacar os principais desafios de saúde pública do país, contudo considerou ser necessário acelerar a exploração dessas capacidades.