Ministro-presidente do Flandres visita INS no âmbito da parceria com o ITM

No âmbito da cooperação entre Instituto Nacional de Saúde (INS) e o Instituto de Medicina Tropical (ITM) de Antuérpia – Bélgica, o Ministro-Presidente do Governo Flandres, Geert Bourgeois, fazendo-se acompanhar pela sua delegação, visitou, na última quinta-feira (24.08), o Laboratório de Referência da Tuberculose do INS. Na ocasião, foi apresentado o funcionamento do laboratório e alguns resultados derivados do projecto BICMINIS ((Building Institutional Capacity at the Mozambique INS), implementado desde 2012, financiado pelo Governo de Flandres.

Resultados de pesquisa apresentados nas II Jornadas de Saúde da Região Centro

Sob o lema: Pesquisa e Inovação Científica para a Melhoria dos Serviços de Saúde, realizaram-se entre os dias 14 e 15 de Setembro, em Quelimane – província da Zambézia, as II Jornadas Científicas de Saúde da Região Centro. O evento teve como objectivo, por um lado, divulgar resultados de actividades científicas de saúde. Por outro, num contexto de governação participativa do sistema de saúde, as jornadas procuraram criar um momento para discutir aspectos mais importantes de políticas de saúde com base em evidências científicas.

Seminário para técnicos de laboratórios discute tecnologias moleculares para o diagnóstico de HIV

Com o objectivo de actualizar os técnicos de laboratório e outros profissionais de saúde sobre temáticas ligadas à  área laboratorial, o Instituto Nacional de Saúde (INS) realizou, no dia 27 de Setembro do ano em curso, mais um seminário intitulado “Tecnologias Moleculares para o diagnóstico de HIV-SIDA.

Palestra sobre genética dos micro-organismos e seu impacto na Saúde Pública ministrada no ISCISA

No âmbito da divulgação dos resultados de pesquisa e formação de profissionais de saúde, investigadores do INS ministraram uma palestra, no dia 29 de Setembro, no Instituto Superior de Ciências de Saúde (ISCISA), sobre o impacto da diversidade genética dos micro-organismos no diagnóstico, prognóstico e tratamento de doenças infecciosas.

INS forma novos mestres em Ciências de Saúde

Teve lugar entre os dias 10 e 14 de Julho do corrente ano, a cerimónia de defesa de dissertações da 4ª Turma de Mestrado em Ciências de Saúde, um programa organizado pelo Instituto Oswaldo Cruz (IOC) da Fundação Oswaldo Cruz do Brasil (Fiocruz), em coordenação com o Ministério da Saúde de Moçambique e o Instituto Nacional de Saúde (INS), a qual se enquadra na cooperação técnica entre o Governo Brasileiro e os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) e tem como objectivo à  formação de pesquisadores e docentes na área de Ciências da Saúde.

Núcleos Provinciais de Pesquisa da região centro e norte de Moçambique capacitados em Metodologias de Pesquisa Qualitativa

Com o objectivo de fortalecer a realização e gestão de pesquisa no Pais, o INS em coordenação com a Health Alliance International (HAI) realizou em Sofala, Beira de 10 a 14 de Julho de 2017 o Curso Básico de Metodologias em Pesquisa Qualitativa. O curso foi composto em aulas teóricas e exercícios práticas.

Núcleos Provinciais de Pesquisa e docentes do ISCISA treinados em ética em Pesquisa Humana e Metodologia de Investigação Científica

Com o objectivo de fortalecer a realização e gestão de pesquisa no país, o Instituto Nacional de Saúde (INS) realizou, em Maputo, de 23 a 30 de Março de 2017, os Cursos de ética em Pesquisa em Seres Humanos e o Curso Inicial de Metodologia de Investigação Científica. O curso foi facilitado por membros de Comité Institucional de Bioética (CIBS-INS) e pesquisadores do INS e contou com a participação de membros dos núcleos de pesquisa das províncias de Inhambane, Gaza e Maputo, estudantes de iniciação científica no INS, técnicos do INS e docentes do Instituto Superior de Ciências de Saúde (ISCISA).

NIOP capacitado em matéria de gestão e realização de pesquisa

Visando dar apoio técnico de modo a fortificar as acções de gestão e realização de pesquisa, o Instituto Nacional de Saúde (INS) visitou entre os dias 14 e 17 de Março, o Núcleo Provincial de Investigação Operacional de Pemba (NIOP), em Cabo Delgado. Além das diversas actividades realizadas naquele núcleo, a equipa do departamento de pesquisa que efectou a visita estabeleceu contactos com instituições nacionais e internacionais que têm parceria com o NIOP.

Microscopista certificados para o diagnóstico da Malária

Em Moçambique, a malária é endémica e apresenta um alto nível de transmissão, representando uma das principais causas de morte no País. O diagnóstico laboratorial é crucial para o manuseio correcto dos casos, assim como informação relativa à s espécies de Plasmodium em circulação.
A malária por Plasmodium falciparum é a mais comum no nosso país, sendo responsável pelo elevado número de casos diagnosticados e de mortalidade a nível nacional. Crianças menores de 5 anos, mulheres grávidas e populações não imunes constituem um grupo de risco para esta parasitose.